Como criar artigos que engajam e vendem todos os dias

Olá, tudo bom?

Decidi escrever este artigo para ajudar novos empreendedores a iniciar sua jornada no marketing de conteúdo. Eu particularmente, sou um caça cursos e dicas na internet, busco diariamente me aperfeiçoar nos quesitos que mais tenho dificuldades. E você?

 

Por este motivo, trouxe aqui algumas dicas de como criar artigos que engajam e vendem todos os dias, uma maneira prática e bem dinâmica para você começar a praticar hoje mesmo.

Mas antes de entregar todo conteúdo para você, preciso fazer um agradecimento e as devidas horarias a pessoa que me ensinou muito do que você vê em meus blogs…

Valeu Anderson Chipak por criar o TDD (como chamo carinhosamente) o Treinamento Demolição Digital, com ele pude entender a importância de compartilhar conteúdo de valor na internet, para gerar vendas diariamente e criar uma experiência memorável com meus leitores.

Valeu mesmo cara!

 

Vamos começar…

 

Com a boa estruturação do seu artigo e a distribuição adequada de links, será possível obter retornos expressivos sem receber milhares de visitas mensais. É possível obter resultados extremamente relevantes com conteúdo de qualidade e agregador, com links de direcionamentos confiáveis e bem estruturados.

Não estou falando aqui sobre sair espalhando milhares de banners no blog e no conteúdo. E muito menos de 300 call to actions em cada post.

Você precisa priorizar seu conteúdo, o Design do blog é superimportante e a tipografia mais ainda. Defina um modelo de comunicação com seu leitor, crie uma linguagem que defina sua marca na mente dele.

Tipo aqueles consultores da Hinode ou Boulevard Monde que nem te conhecem e já te chamam de DIAMANTE… RSRSRS 🙂

Brincadeiras à parte…

Ainda que você não seja um escritor ou um publicitário persuasivo, saiba que é possível organizar seus artigos para obter melhores resultados relativos a conversão e vendas como afiliado.

 

Faça de seu blog uma rede de assuntos interligados e leve o seu visitante à página de conversão da maneira mais simples e direta possível, sem intervenções.

 

Vamos as dicas SECRETAS…

1. Tenha sempre uma Landing Page

Uma Landing Page nada mais é que uma página personalizada para onde você envia seu leitor antes da conversão.

2. Direcione o Tráfego de forma inteligente

Já sabendo o que é uma Landing Page…  Agora você precisa criar conteúdo voltado para o nicho do produto que você promove, com a missão de conduzir seus leitores para a Landing Page e gerar vendas através de links espalhados no conteúdo.

3. Zonas de Conversão / Vendas em Artigos

Ao entender os 2 passos anteriores… Agora precisamos ter uma visão diferenciada sobre como escrever artigos. Alguns exemplos disso:

  • O parágrafo 1 representa a Zona 1…
  • O parágrafo 2 representa a Zona 2…
  • Todo o resto representa a Zona 3.

 

Cada zona representa a grande possibilidade de venda dentro do artigo e deve ser tratada de acordo. Entenda o seguinte, a maioria dos leitores tem preguiça e ler.

Devemos considerar as possíveis ações que ele possa tomar quando estiver lendo nosso artigo. Com base nesta teoria trouxe a seguinte imagem para ilustrar:

ZONA 1 – Entendendo o Produto:

Esta é uma zona com pouca chance de conversão, visto que é o primeiro contato que o leitor terá com seu conteúdo. Você precisa chamar a atenção aqui.

ZONA 2 – Parágrafos 2 e 3 são as zonas primárias de conversão:

Aqui seu leitor já está familiarizado com o conteúdo e pode decidir se deseja visitar a página, comprar ou se cadastrar.

ZONA 3 – Quarto parágrafo, a Zona Secundária de Conversão:

Na maioria dos sites, é a zona que fica abaixo da dobra ( dobra é a primeira parte que você vê de um blog ou site, sem que precise rolar a página para ler). Aqui o seu leitor já está aquecido e motivado a tomar uma decisão, porém, as chances de ele clicar em um link ou banner são muito maiores.

Crie links onde as probabilidades de conversão são maiores, neste caso as zonas 2 e 3 são indicadas.

 

Leia o artigo oficial do Anderson Chipak: Criando artigos que vendem

4. Artigos de Direcionamento

 

Diferente da zona 1 do exemplo anterior, nos artigos de direcionamento seu maior objetivo é direcionar o leitor para a landing page (e não vender).

Neste artigo você fala sobre um produto/serviço e seus benefícios de forma sucinta, criando links que se encaixam no contexto do seu conteúdo e que levará o leitor de maneira natural para a página de vendas.

Aproveite a ZONA 1, a zona primária de convenção vai te trazer melhores resultados nesse caso.

 

Leia o artigo oficial do Anderson Chipak: Criando artigos que vendem

5. Link Building Interno

Link Building são links internos que são adicionados dentro dos artigos com o intuito de direcionar o leitor para outros artigos do seu blog.

Não utilize Links Building nas landing pages, deixe que apenas o botão de comprar faço seu trabalho neste caso.

Ao utilizar link Building em seus artigos, aplique-os nas zonas secundárias, após a dobra do site, isso garante que seu leitor não será direcionado a um artigo que não converte.

6. Fazendo com os leitores cliquem nos seus links

Crie um contexto propício a cliques, insira textos ancora para direcionar/induzir o leitor a clicar.

Não insira apenas um link com “Clique Aqui!”, mostre os benefícios para ele clicar em seu link, como: “Quer ganhar dinheiro com blogs iniciando do zero? Para saber mais Clique Aqui”.

Repita o mesmo processo nos parágrafos seguintes com contexto diferentes, mais com o mesmo objetivo. Fale o que o leitor quer ouvir, fale de uma solução para a dificuldade dele, um bônus que ele deseja ou uma promoção que ele não pode perder.

Por falar em promoção, aproveite AGORA o grande desconto do Demolição Digital Black Friday com R$350 de desconto e mais de R$3000 em Bônus, um treinamento completo que vai te ensinar o passo a passo completo para ganhar dinheiro com blogs e criar artigos que vendem todos os dias, Clique aqui para conhecer o Demolição Digital.

7. Evite Excesso de Imagens e Banners Promocionais

Querer ganhar dinheiro na internet é absolutamente normal, mas precisamos ser coerentes e bem pé no chão. Não tente empurrar goela abaixo um produto para seu leitor, faça o passo a passo que listamos aqui, produza conteúdo de qualidade sobre seu produto ou serviço e apresente benefícios e soluções para que seu leitor tenha a confiança de comprar o que você indica. Banners e imagens promocionais são apenas materiais de apoio para uma venda. Ok?

 

Mais uma vez te convido a conhecer o Demolição Digital, se você tem o real interesse em aprender a criar artigos de qualidade e começar a ganhar dinheiro na internet por meio de blogs. Esta é a melhor opção Clique aqui para conhecer o Demolição Digital.

 

Bem, espero que você tenha gostado deste artigo… Trouxe basicamente os tópicos mais importantes para a construção de artigos que vendem todos os dias na internet. Espero que este conteúdo sirva para você e te ajude a fazer suas primeiras vendas.

 

Muito obrigado por me acompanhar neste artigo. 🙂

Até a próxima!

 

PS: leia o artigo oficial do Anderson Chipak: Criando artigos que vendem

 

 

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.